5 COISAS QUE EU NÃO DOU A MÍNIMA

Afim de desabafar todo aquele ódio sentido na semana clássica de TPM, fui ler uns blogs e achei essa tag, que complementava minha ideia original de post, que era “5 coisas que eu odeio”. Como ódio é uma palavra muito forte, resolvi aderir e misturar as idéias. Já aviso que não quero apanhar aqui, ein! sei que vocês também tem milhares de coisas que não dão a mínima, e this is the life que segue hahha. A verdade é que essa tag surgiu lá no blog “Girls With Style” tem um tempinho atrás, e foi se propagando por aí.. estou atrasadinha, mas o que vale, é a intenção.

ilustracao-kathrin-honesta-05

A ilustração é da talentosa Kathrin Honesta 🙂

// MELÔ DE FACEBOOK: eu adoro debater pela internê, de ficar vendo uns videozinhos engraçados e essas coisas, sou normal, como todos vocês. Mas se tem uma coisa que eu odeio, são aquelas frases do gênero “moça, levanta esse rosto, limpa essa lágrima, homem nenhum merece BLÁBLÁBLÁ bullshit.

giphy

// FEMINAZI: vou apanhar, mas é. Não é ódio de feministas, muito pelo contrário, moças. Acho que temos que nos empoderar sim, porém, da maneira correta, com argumentos e explicações válidas, respeito ao próximo e compreensão. E isso não “tá tenu”. Não sou a favor de diveeersas coisas implantadas pelas  ~feministas versão 2015~ (como por exemplo o aborto, mas isso é um texto para outra hora) e isso me cansa de tal maneira, que ó: zZZZZ

// MAROON 5: a galera fica enlouquecida e eu, rezando para que acabe logo. Me instiga mais ainda o fato de todo mundo gostar. Me faz ter mais raiva ainda.

large (2)

// SKOL BEATS: a galera ficou meio endemoniada por causa dessa bebidinha, e eu aqui, com interesse 0 em comprar isso quando existe CORONA nesse mundo, minha genty.

// SER APEGADA A CABELO: Gente, mudança é a chave de tudo. Não podemos ter medo de ousar e descobrir coisas novas. Acho que o que mais me “incomoda” são as pessoas que tem o cabelo mega comprido e não conseguem “se desfazer” do cabelo, parece uma promessa, uma macumba, uma prece. Não pode cortar que chora “ain meu cabelo eu não corto nem ferrando, só 2 dedinhos para crescer…” ai pelo amor né, a pessoa é feita de cabelo, se não, tem mais nada zZz

large

BÔNUS DA TPM: // SENTIR-ME INCOMODADA quase SEMPRE: eu sinceramente tô nem aí. Sou incomodada mesmo, e muita gente crítica isso, mas genty, this is who i am. Aliás, eu prefiro estar incomodada e ter voz, do que ser uma conformada com tudo que me impõem. Eu ein. Então, não ligo mesmo. Não dou a mínima de estar sempre incomodada com algo. O mundo tem muita coisa errada rolando para ficar de boas com tudo.

É isso gente. Ás vezes a gente precisa dizer as coisas que pensamos (no caso, escrever) e deixar de ser sempre good vibes – a TPM ajuda essa parte aí -. Não é um texto para ofender & criticar ninguém, muito pelo contrário, é para mostrar que somos pessoas diferentes umas das outras, e ainda assim, todos tem seus espaços nessa blogosfera (e no mundo).

E vocês, me contem, vou adorar saber do que não fazem a mínima…

Au revoir, Lê.

 

 

 

Anúncios

72 comentários sobre “5 COISAS QUE EU NÃO DOU A MÍNIMA

  1. Nicole disse:

    Gostei muito do post! Meu marido odeia Maroon 5 também haha, e Coldplay, os dois porque o cara tem uma “voz agudinha irritante” como ele diz. Mas eu gosto 😛 Fones de ouvido salvam relacionamentos, haha! Vou fazer a TAG no meu blog também 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  2. maritrindade disse:

    Adoreiiii!!!
    Massa extravasar assim, Lê! Concordo com você com relação ao feminazi, também sou contra o aborto, afinal o bebê também tem direitos, né? 🙂
    Ah, quanto ao cabelo, o meu tá bem cacheado já, fiz o big chop faz um tempo e agora não sei se consigo me aventurar a deixar ele curto, é beeeeem volumoso, mas não tenho neura com corte não! hehehe
    Xerooooo

    Curtido por 1 pessoa

  3. Vogue Addiction disse:

    Lêeeeeeee, sua louca! Hahaha Adoreiiiii! Me vi em tudo… Mimimi de facebook, ADORO ler pra dar risada; as feminazi louca a mesma coisa; Maroon 5 eu até ouço, mas você sabe que meu negócio são as músicas de nigga; não bebo nada alcóolico; e pira com cabelo, eu não tenho, amo cabelo comprido, mas quando me dá vontade de cortar, eu TACO a tesoura! Beijinhos ❤ ❤ ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      alocaaa hahah always!
      Que bom que curtiu bby, e nem me fale :T o facebook mesmo só abro p rir e ver as desgraças, pq né.. hahahahha
      Nigga life style, tu eh a negonaaa hahaha e tá certissima, sentiu vontade de cortar, passa a tesoura 💇🏻
      Beijão :*

      Curtido por 1 pessoa

  4. laynnecris disse:

    Leh… vc é muito divertida… kkkkkk concordo em partes. A única que eu realmente não tolero é a primeira… meus feeds do face são todos ocultos… as pessoas tem direito de “vitimizarem” né… e eu o direito de não ver… kkkk Então, tudo em Paz…

    Mas, anjooooooo… Como não gosta do Levine?????? Rs

    Curtido por 1 pessoa

  5. Agda Marianne disse:

    Ai Lêh, vc me diverte com a maneira que escreve, rssss. É sem dúvida dona de uma personalidade incrível. Uma das coisas que não dou a mínima, é de gente criticando os programas de televisão. Se não gosta, faça como eu, não assista. Isso me estressa! haha Beijossss!

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Obrigado Agdaaaa hahhaha ^-^ digamos que sou uma pessoa meio.. sincera demais, louca demais hahah :T mas faz parte!
      Ah! Nem me fale, eu simplesmente não assisto e fim hahah as pessoas precisam ficar “vcs sao td alienado, assiste globo blablabla” hahah zZzz me cansa.
      Beijo!

      Curtido por 1 pessoa

  6. Thaís Gualberto disse:

    Eu ODEEEEEEEEEEEEEIOOOOOOOOOOOO feminazi. Pior, já perdi amizade por isso. Minha melhor amiga virou feminazi loucassa e miserável (no sentido de odiar tudo o que é feminino e de ficar vendo problemas em absolutamente TUDO – vulgo ver cabelo em ovo). Particularmente, sou bastante crítica do feminismo como ele se apresenta desde os anos 60 (sem falar na incoerêcia total de algumas demandas); apenas as do começo do século me representam (aka feminismo liberal, individualista, associado às ideias do liberalismo clássico, que buscava isonomia quanto as leis, como expunha J S Mill, um dos primeiros pensadores a defender abertamente o direito do voto paa mulheres). Tenho zero paciência com o tipo e evito ao máximo para não me estressar hahaha Aliás, estou trabalhando em um artigo para um portal liberal para o qual escrevo ocasionalmente sobre o que costumo chamar de “Feminismo Escatológico”, também conhecido como o feminismo da atualidade, no qual parto do exemplo da garota que correu menstruada sem absorvente dizendo que fez isso em nome da “libertação feminina” e alguns outros. Infelizmente estou meio sem tempo para concluir

    E também sou bastante incomodada com as coisas, Letícia! hahaha Mas sou muito apegada ao meu cabelo hahaha Sempre corto do mesmo jeito e gosto muito dele grande (estou sempre no projeto até à cintura, mas aí fica meio quebradiço e tal e eu vou e corto para melhorar a aparência dos fios) hahaha

    Beijoos!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      hahahhaa toca ai o/\o
      Na verdade esse lance de feminismo caiu na modisse (e não num bom sentido) o que fez a coisa toda ficar ainda mais.. banalizada, sei lá. Ainda não perdi nenhuma amizade hahah até pq eu sempre tento impor meu ponto se vista e deixo a pessoa ser livre pra escolher o que quiser, mas convenhamos, tem coisas que são ABSURDAS de ridiculas! Certamente correr por aí com os peitos de fora não vai ajudar em nada. Muito menos fazer isso em frente a igrejas e praças publicas, pq genty, isso só aumenta a furia do povo hauahah mas néam.. Um passo de cada vez, assim caminha a humanidade (com passos de formiga.. ZZzz) hahahah
      E cabelo eh algo relativo p mim, não ligo se tivesse q ficar careca, acho q o que eu não ia gostar q mudasse em mim é mais interiorizado hahah 😛 mas tô sempre nessa busca de um cabelo q me agrade hahaha
      Beijo!

      Curtido por 1 pessoa

      • Thaís Gualberto disse:

        Eu também nunca imponho o meu ponto de vista, embora o afirme de maneira veemente, mas você deve saber bem, pois você deve conhecer gente desse tipo, que há muita gente que confunde a coisa toda. Foi o caso dessa amiga. Como eu nunca comprava as ideias enlouquecidas dela, ela dizia que eu estava cega e tal, como se eu precisasse de tutela para pensar –‘ Não tenho paciência para essas coisas. E sim, correr com peitos de fora e depredar igrejas é de uma tosqueira imensurável :p

        Curtido por 1 pessoa

  7. Robécia disse:

    Super concordo e te entendo Lê, porque olha primeiro TPM aparece e depois algumas dessas coisinhas é pra tirar qlq um do sério mexxxxmo.
    Acho que as feministas não “tá tenu” mesmo, mas enfim vamos pra frente que atrás vem gente hahahahah

    Curtido por 1 pessoa

  8. lisandradrower disse:

    Já eu não dou a mínima pra gente que quer meter o dedo no relacionamento alheio, eu gosto de contar minhas histórias, mas né… Ouvir críticas faz parte, só não dou ouvidos àqueles que dizem que “recém terminou com um já ta com outro”… Ahh, os vizinhos!!!!

    Curtido por 1 pessoa

  9. onlysecretdreams disse:

    Adoreeii o post Lê! Sinceridade é tudo hahaha.
    Também não curto quem fica de mimimi no facebook e gente que faz drama pra tudo, isso sempre me deixa irritada rsrs.
    E JURO que antes eu era muito mais apegada ao cabelo e odiava cortar, mas agora até comentei no teu post anterior que estou pensando em mudar hehe, uma mudança sutil mas que estou levando em consideração :))
    Um beijão ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Que bom que curtiu nathxxx! Hahahah ;))) sinceridade always! Ah, tem gente que realmente tem mais paixão pelo cabelo, mas depois quando corta, seeeegura que não pode ver uma tesoura hahah ^-^ e você ficaria linda de curtinho haha
      Beijão amore =*

      Curtido por 1 pessoa

  10. Nada Sensata disse:

    Menina, quanto ódio no coração hahaha brincadeira! TPM é foooogo, coisa simples me dão vontade de morrer e matar! Mas acho que vivo numa TPM eterna. E skol beats é bom, mas nada a ponto de causar todo alvoroço que causou. Tbm acho uma babaquice essas ditas “feministas” até mesmo pq a maioria não sabe nem o que a palavra significa.
    Adorei o post ❤

    Curtido por 1 pessoa

  11. Milena Maciel disse:

    Concordo totalmente com o melô do facebook, odeio esse povo que faz muito drama e fica de mimimi no fb, tenho paciência nenhuma pra isso! Também não entendo o alvoroço por skol beats, é boa, mas NÃO É cerveja amores, tô com você e sou muito mais um corona ou uma stella hahah Adorei o post, TPM sempre despertando os melhores sentimentos em nós né hahah Bjs

    oh, wow, lovely ❁

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      não é não, vah?! as pessoas conseguem ser bem maldosas haha principalmente essas feministas, que acham que só porque “são donas de seu corpo” podem fazer esse tipo de coisa.. a gente vai ignorando porque, infelizmente, isso não vai acabar 😦
      beijo :*

      Curtir

  12. Juliana Lima disse:

    Lelê vou contar um segredo, Eu nem me meti na conversa la no grupo sobre essa banda pq eu não conheço kkkkk ( psiu🙊)

    Meu cabelo já foi longo na cintura e eu era assim, não podia cortar nem um dedo que eu chorava. Infelizmente tive um problema de saude e meu cabelo começou a cair, até ficar falhar. O jeito foi cortar, como sou radical cortei no ombro kkkkkkkk
    Hoje já me acostumei, a mudança é boa trás um novo ar.
    Super beijo 😊

    Curtido por 1 pessoa

  13. J∀K disse:

    Me confirmo quase em todas mas, pessoas com personalidade forte, sempre mudam o hábito de odiar alguma coisa, pois que odiar é abrandar uma realidade sob qual não tenha mérito em resplandecer todos alvos, digo isso tendo noção de não dar a mínima para a crítica de desconstrutivismo alheio! [Opa, desabafando nesse território haha]. Outra coisa que não dou a mínima, é a precisão, a fascinante tempestade num copo da água, em outras palavras, a indulgente ansiedade. Tento ser calma [ahãm], mas como o horóscopo já avalia, não mexe com quem está quieto ~via tourinho 🐮

    Curtido por 1 pessoa

  14. Líley Carla disse:

    Mas Maroon 5 é tão legal ❤
    Também não sou apegada a cabelo e odeio que venham me falar "ai, por que tu cortou o cabelo assim, tão curto?" Miga, cabelo cresce! Ou pior: "ai, homem gosta de mulher com cabelão" Dá licença que o cabelo é meu, tô nem aí pro que os homens acham! Dá vontade de responder isso, mas como eu sou educada digo apenas que sou casada e meu marido ama meu cabelinho, hahaha, é a única opinião masculina que importa pra mim.

    Adorei o post! E também não gosto de feminismo fanático, aliás, tudo em excesso faz mal, né?

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  15. Lucas Henrique disse:

    É muito bom ver um blog de uma menina que tem coisas a dizer até mesmo sobre coisas que acontecem com as do seu mesmo gênero.
    Essa história de papo feminista está se tornando cada vez mais contraditório até mesmo entre elas. ( Sem querer arrumar briga ou gerar uma discussão ofensiva, apenas por um caso que aconteceu comigo.)
    Eu adorei seu post e acho que nem sempre devemos realmente ser “good vibes” como você mesmo disse. Afinal, o blog é o nosso meio, um dos, de expressar o que está preso dentro de nós e, talvez, esperar que alguém compartilhe dessa mesma indignação ou situação, e também podendo sempre estar prestes a se encontrar com uma forma de pensamento que esclareça a nossa que pode parecer absurda e pesada, enquanto não é ou pode ser. Muito subjetivo.
    Sobre a Skol beats: PROPAGANDA ENGANOSA!
    Compadeço de gostarem de uma coisa e nós querermos que isso termine. Ninguém merece ser movido pela massa.
    Adorei!

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Primeiramente, muito obrigado!!! hahahahhaha 😀 temos que ser verdadeiros conosco mesmo, independente de ser uma causa que visa a mulher.. existem ~questões~ do feminismo que me intrigam de uma forma não muito boa, hehe.
      E olha, skol beats é bem enganoso mesmo PQ NEM CERVEJA AQUILO É hahahha mas né, modistas everywhere. A gente tá sempre tão necessitado de “novidade”, essa geração y é cansativa hahahhaha
      Beijo e arigato!!!

      Curtido por 1 pessoa

  16. Pink disse:

    Menina, eu adorei esse teu post, achei super incrível, quero fazer também mas em formato de vídeo. Ah, xô contar uma coisa, eu sou feminista, porém quase nunca falo disse porque hoje em dias as pessoas tem uma ideia muito errada do feminismo e acabam achando que eu sou aquelas mulheres meio piradas que querem emponderamento e liberdade, mas suas escolhas tem que ser igual a delas. Isso até me deu uma ideia de post, ai garota, amei teu blog, já pus na listinha lá do blogger para aparecer notificação sempre que tiver post novo ❤

    http://pinkisnotrose.blogspot.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Garota, venha cá \o/ hahahaha
      Primeiramente, MUITO obrigado! Fico feliz que tenha gostado e que sempre tenha coisa bacana aqui pra tu \o/
      Eeeee entendo totalmente, mas como disse, não sou contra o feminismo, alias, acho mesmo que as mulheres devem se empenhar e lutar por aquilo que almejam. Mas infelizmente, virou “moda” ser feminist, e isso atrapalha um bucado quando o assunto é seriedade.
      Beijinho

      Curtido por 1 pessoa

  17. Gill Nascimento disse:

    Tô vendo que eu sou muito relax, mas também odeio frases melosas no Facebook e o blá blá blá das femistas (não das feministas, femistas são o oposto dos machistas, e só querem denegrir a imagem masculina, as feministas que se preocupam e lutam pelos seus direitos apenas, eu admiro e apoio muito)… Eu também já fiz um “As 5 Mais” com esse tema, foi com ele que abri a categoria kkkkkkkll

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Bem isso. Não apoio nem o feminismo nem o machismo. Apoio a igualdade, porque se for para clamar pelos direitos iguais, tem que fazer direito!! hahahah 😛 principalmente nesse aspecto de que dizem que “homem é mais fácil arrumar emprego.. homem recebe melhor… etc”
      acho que depende muito da profissão, mas não acho que seja bem assim. As pessoas não levantam estatísticas, elas só falam coisas que foram mencionadas à 10 anos atrás.
      Mass, deixemos a discussão “anti tudo” p depois hahahaha
      Gostei dessa ideia, vou fazer sempre um top 5 hahahahha
      Beijo Gill!

      Curtir

Tem algo pra compartilhar aqui? Deixe seu comentário! Vou adorar ler (e responder).

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s