O DIÁRIO DA PRINCESA

Oi gente. Tudo bom? Bom, que O Diário da Princesa é minha série de livros favorita, não é segredo. ♥ Consegui crescer muito lendo esses livros incríveis – e assistindo aos filmes, que, apesar de não ter muito a ver com o livro em si, é excelente – e gosto de compartilhar coisas boas. Sendo assim, aqui estoy para compartilhar com vocês essa história lindja para quem ainda não conhece (ou para quem conhece e quer relembrar).

O Diário da Princesa foi escrito por Meg Cabot, considerada maior escritora teen norte-americana. Entre milhões de outros livros incríveis que a autora tem, the princess diarie é sem dúvida, um dos meus favoritos.

A série conta com 10 livros – O diário da princesa, Princesa sob os refletores, Princesa apaixonada, Princesa à espera, Princesa de rosa-shocking, Princesa em treinamento, Princesa na balada, Princesa no limite, Princesa Mia e Princesa para sempre – 2 especiais – Lições de Princesa e O presente da Princesa – e agora, o mais recentemente lançado “O Casamento da Princesa” – título original: Royal Wedding. 

large12

Na história, Mia é uma adolescente como todas as outras. Vive preocupada com notas e deveres de casa, apavora-se com sua falta de seios e tem uma paixão platônica pelo garoto mais popular da escola… Ela vive em Nova York com a sua mãe – uma pintora de algum sucesso -, gosta de calçar suas Doc Martens de vez em quando, e entre os pensamentos mais ousados que já teve estão beijar o perfeito e popular Josh Ritcher e passar em álgebra. Até que seu pai, que Mia só encontrava nas férias e no natal, chega a cidade e lança a bomba: a limusine que a espera assim que desembarca na pista de pouso particular na França e as férias num castelo não são apenas coincidência. E seu pai não é apenas um político europeu, mas o príncipe de um pequeno páis. Assim, Mia não só é herdeira do reino da Genovia, mas também a ÚNICA herdeira, pois o pai não pode mais ter filhos. Ela nem sabe por onde começar. O que para muitas garotas poderia ser um verdadeiro conto de fadas, para Mia é um grande pesadelo! Princesas não são tão altas nem tem pés tão grandes… e elas têm seios! Como se isso já não fosse o bastante, a mãe da Princesa de Genovia começa a namorar seu professor de álgebra, os paparazzi a perseguem na escola, e até com sua melhor amiga, Lilly, Mia consegue brigar. Sem falar nas aulas de princesa que precisa ter com Grandmère… Não tem nada de Cinderela nessa história! Como Mia – ou melhor, Amelia Mignonette Grimaldi Thermopolis Renaldo – vai se virar daqui pra frente?

large10

Os livros se passam como o diário da Mia, por isso o nome “Diário da Princesa”, onde ela descreve situações da sua vida, das suas lições como princesa, como sobreviver a tudo isso a inda assim governar um país. Ela não se vê pronta para tal feito, muitas responsabilidades, quando ela mesmo não sabe nem o que quer comer pela manhã. Eu particularmente acho incrível a história, como já disse em outros posts. Certamente fez parte da minha pré-adolescência e fará parte sempre ♥.

large7

O filme foi adaptado pela Disney e, apesar de ter tido mudanças radicais, conseguiu ser excelente. Sem querer contar muito a história para quem não assistiu ainda, mas na versão televisionada, Mia é orfã de pai, e por isso deve assumir o trono. A avó dela é extremamente boazinha e generosa, sendo que no livro Grandmère é uma versão mais “principesca” da Cruela Devil. E, no segundo filme, ela se casa com uma pessoa que nem existe no livro hahhaa.

Mas, acima de qualquer comparação, pude tirar boas lições tanto no livro quanto no filme. Mia consegue envolver você sobre coisas que acontecem conosco O TEMPO TODO, em uma versão mais literal. Claro que ter a Anne Hathaway como protagonista do filme me fez ama-lo ainda mais. Na época que assisti, fiquei apaixonada pela atriz e pude ir acompanhando o crescimento dela em outros filmes e posso afirmar que é uma das minhas atrizes favoritas ♥.

large11

Mia consegue resumir o que a maioria de nós passamos – ou ainda passam – na época de descobertas da vida. Principalmente no ensino médio, que é quando começamos a ver as coisas com outros olhos. Poder ter passado por essa fase lendo essa série foi muito bom para mim. Me inspirou a buscar meus objetivos (e a fazer listas, de tudo). Ah, e também me ensinou ainda mais a escrever sobre isso. Thanks, Mia.

Queria resumir todo esse post em 2 gifs que me confortam em sentidos de sátiras da vida E frases para serem refletidas:

large8

large9

Para quem se interessou, deixo aqui o trailer do primeiro filme:

E vocês, conhecem? gostam de O Diário da Princesa? Vou adorar saber.

Au revoir, Lê.

Anúncios

48 comentários sobre “O DIÁRIO DA PRINCESA

  1. J♺K disse:

    Gosto tanto do diário da princesa quanto você! hihi Envolve humor, elegância, comportamento-mesmo que eu não tenha lido o livro- e as coisas que acontecem com uma adolescente comum. O legal é que a Mia é sensata, extrovertida, e se mete em encrencas sem deixar de ser ela mesma.

    Curtido por 1 pessoa

  2. isahebling disse:

    Apenas assisti ao filme e, quando mais novinha, eu amavaaaaa! Tenho muitas lembranças relacionadas a ele! E sim, foi incrível assistir ao crescimento da Anne, quem imaginava que um dia essa princesa maluca ganharia um Oscar!
    Adorei o post, Lê — como sempre! hahaha Feliz Natal pra ti!

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      a leitura dela é bem fácil né? gosto do jeito que ela te envolve na história, as vezes já me sinto lá, junto das personagens hahaha e qualquer livro dela é bom assim. Sério. :’D aproveite sim e leia, nem que seja epub!
      beijo :*

      Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      haha são muito mesmo!!!! eu sempre gostei desse estilo de escrita, você acaba se envolvendo de um jeito muito bacana e fácil, né? é ótimo!
      obrigado pelo convite gabi, vou passar lá para dar uma olhada! ~tô meio atrasadinha~.
      beijinho :*

      Curtido por 1 pessoa

  3. amorapooh disse:

    Que gracinha de post, Lembro que me apaixonei pela história do filme quando o vi pela primeira vez, eu deveria ter uns 11 anos. Não sabia que havia o livro, pelo o que você escreveu, ele parece ser até mais legal do que o filme, adoro ler livros estilo diário. 🙂

    Abraços. Twee

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      siiim mel, é bem nesse estilo! amo livros assim, desde que era pequena haha. Acho que isso é uma caracteristica forte da minha personalidade.
      Quem sabe você não aproveita 2016 e dá uma chance para essa série 😉
      beijinho!

      Curtir

  4. Thaís Gualberto disse:

    EU AMO A SÉRIE O DIÁRIO DA PRINCESA!!!!!!!!!! *-* Falo dos livros, pois não consigo gostar muito dos filmes (embora ame a cena do closet no segundo filme *-*)
    Comecei a ler a série em 2007, quando eu estava no primeiro ano do EM, pegando emprestado na biblioteca do colégio. O último volume (Princesa Mia) foi lançado quando eu estava no terceiro ano, então posso dizer que essa é uma das séries (junto com Gossip Girl) que marcou minha adolescência, pois as li ao longo do meu ensino médio.

    Beijos!! :*

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      hahhaa é que o filme acaba sendo bem diferente, né? mas eu amo os dois!!! Acabei de voltar na livraria e fiquei com o coração partido pois não consegui comprar o Diário da Princesa que lançou faz pouco tempo, do casamento dela, sabe? hahahha E SIIIM! marcou muito minha pré-adolescência, minha adolescencia e sempre marcará. Acho que não cansarei nunca hahaha. assim como gossip girl haha :’DD
      beijão thá! :*

      (e feliz 2016 hahaha. tô meio atrasada!)

      Curtido por 1 pessoa

  5. Eduardo Matos disse:

    Nossa, achei muito legal a história, uma hora dessas vou ver o filme já que duvido que vou achar os livros e ficaria meio estranho ler “O Diário da Princesa” kkk sem preconceitos, mas muito legal esse post. 🙂 “Because you saw me when I was invisibel.” Essa cena, tanto no livro quanto no filme deve ter sido demais. 🙂

    Ah, também queria avisar que indiquei seu blog numa TAG. Liebster Award 🙂 Abraços

    Curtido por 1 pessoa

  6. Maíra Azevedo disse:

    Leti! Saudades dos seus posts! Volta das férias please kkkkk
    Eu te indiquei ao prêmio dardos lá no blog. Acho que você já deve ter visto em outros ou ter ouvido falar. Talvez seu tempo não esteja tão grande para poder escolher 15 blogs que acha criativos e legais, mas não tem problema. Vou deixar o link para você ver como funciona : )
    https://adamaaprendiz.wordpress.com/2015/12/31/premio-dardos/

    Eu nunca cheguei a assistir ao primeiro filme, só ao segundo, por isso não conheço bem a história. Fico feliz que tenha se identificado com a personagem. Eu particularmente acho a adolescência uma época horrível e achei bom ela ter acabado ç_ç Representou exatamente essas mudanças bruscas de Mia, e acredito que ela teve muita dificuldade até se acostumar. Mas é a vida.
    Ótimo post, Leti! Beijinhos!

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      haha maí! que saudade. Já vou passar no teu blog e ver o que rolou enquanto estive fora ~praticamente uma vida~. Agora que passou as festas pretendo voltar com novas coisas 😀 e achei esse prêmio muito legal, de verdade, obrigado por me convidar!!! *-* e siiim. A adolescência pode ser terrível, mas ensina pra gente muita coisa. Mas te contar que ser adulto não é muito diferente haha.
      Beijão :*

      Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Nath, esses livros são legais demais *-* hahah sou suspeita pra falar, porque tudo que a Meg Cabot escreve eu me identifico, e olha que desde a pré adolescencia venho nessa.. hoje já praticamente uma idosa (hahah) ainda amo! :)))) eu estou completando minha série ainda, apesar de já ter lido todos (epubs, obrigado!!! ✨). Mas amo ve-los na estante hahaha faltam 3 pra finalizar \o/
      Beijão :*

      Curtido por 1 pessoa

  7. ktabosa disse:

    Simplesmente sou apaixonada por esses filmes, mas ainda não tive a oportunidade de ler os livros, mas estou me programando para começar a comprar e ler a série toda!! Com certeza uma ótima sugestão de leitura para este ano que se inicia! ah e eu também tenho um blog e acho que você vai gostar! Faço review de livros que leio, falo sobre maquiagem, viagens e muito mais! Dá uma passadinha lá, sempre tem bastante novidades! http://www.karinatabosa.wordpress.com

    Um super beijo

    Curtir

    • Letícia disse:

      oi karina!!! 😀 bem-vinda!!!
      e sim, além da escrita da Meg Cabot ser muito gostosa, o livro é engraçado e a gente consegue se sentir no lugar da personagem hahha.
      Vou passar sim, pode deixar! Amo ler os bloguitos das people. Beijão :*

      Curtido por 1 pessoa

Tem algo pra compartilhar aqui? Deixe seu comentário! Vou adorar ler (e responder).

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s