NÃO SOMOS OBRIGADOS


“VOCÊ NÃO É OBRIGADO A NADA. Você não precisa casar, nem ter filhos, se nunca desejou. Nem fazer compras em Miami. Não precisa ter aquela bolsa marrom, não precisa ter carro, nem amar bicicletas, não precisa meditar. Só precisa ter cachorro se quiser. Entender de vinho: não precisa. Barco, casa no campo, Rolex, ereção toda vez, cozinha gourmet, perfil no Instagram… Não precisa. Você não é obrigado a gostar de carnaval, nem de samba, nem de forró, nem de jazz. Você não é obrigado a ser extrovertido. Não precisa gostar de praia. Nem de sexo você é obrigado a gostar. Balada, barzinho, cinema. Missa no domingo. Reunião de família. Não, você não é um ET se não estiver afim. Acordar cedo, fazer exercício, conhecer os clássicos, assistir os filmes do Oscar, a banda de garagem que ninguém conhece. Você também não precisa conhecer. Paris, Nova York, Londres… Gosta muito de viajar? Não? Então não vá! Tá sem namorado? Alguém vai dizer que você não é feliz por isso. E é mentira. Seu cabelo não precisa ser alisado. Nem você vai ser muito mais feliz se for magro ou magra. Também não precisa gostar de comer. Peça curinga no guarda roupa, perfume francês, dentadura perfeita, curriculum vitae, escapulário. Sucesso. Não, você não precisa dele. Se for prá ser obrigado, nem feliz você precisa ser”.

(Nelson Barros)

No radinho…

Bom dia e boa quarta!

Anúncios

108 comentários sobre “NÃO SOMOS OBRIGADOS

  1. maritrindade disse:

    Lê, você definiu em um post o meu momento na vida.
    Cansei de ser a pessoa que os outros querem, ou que o sistema ou a moda impõem ou dizem que essa no UP. Cansei até mesmo de querer me encaixar ou mudar para ser mais “cool”, mais bonita, mais inteligente. Hoje, só quero fazer e ser o que me agrada e o que me faz feliz, sem estereótipos, sem o “ter que”… Só ser, por ser!
    Adorei o texto!
    Xero
    http://mulherpequena.wordpress.com

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Exato Mari!!! Tô tão exausta de “seguir a maré” hahahah eu não quero comer alface, pesar 40 kg, não quero ter a roupa da moda, não quero passar maquiagem p sair de casa, não quero ter cabelo comprido, liso, loiro.
      Quero ser eu e fazer o que me agrada, viver, afinal, a gente nunca sabe por quanto tempo vai continuar aqui xD hahaha
      Beijo linda :*

      Curtido por 1 pessoa

  2. Priscila B. Albergaria disse:

    Às vezes nem queremos uma coisa e por influência da mídia sentimos que precisamos daquilo para ser feliz, sendo que para ser feliz basta muito pouco! Arrasou na inspiração! Beijão ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Hahhahah girl, Fuck You seria a música perfeita pra compartilhar aqui, mas já postei ela uma outra vez hahaha :”( ai quis apresentar outra. Mas em geral, todas as musicas da Lily fazem com que eu me sinta bem comigo mesma e dane-se o universo kkkkk
      Beijinho :*

      Curtido por 1 pessoa

  3. Lari Reis disse:

    É incrível quando muitas vezes, mesmo contra nossa vontade, nos obrigamos a fazer algumas coisas. Por vezes, nem percebemos…
    Eu tenho um livro que tento usar como guia para a vida. Se chama Os Quatro Compromissos. É baseado na filosofia Tolteca e aborda a necessidade de enxergar e se libertar de amarras e imposições desse mundo. Como o nome sugere, o livro apresenta quatro passos e deixa claro o tempo todo que é difícil cumprir. Mas, desde que li, a reflexão está viva na minha mente e eu consigo me “libertar” em alguns bons momentos 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Hahahah entendo seu ponto se vista Vah, mas vou ter que discordar!

      Eu sou católica, portanto, frequento a igreja sempre que posso.

      Meu namorado, por exemplo, não é católico e nunca frequentou a igreja. Isso não faz dele um ser humano melhor ou pior, faz dele o ser humano que ele é.

      Meu amigo gosta de bandas “screamo”, eu, não suporto. Ele não vai a igreja. Eu vou. Ele não é pior nem melhor que eu. Ele é apenas ele.

      Eu não sou obrigado a ir em um show que eu não gosto. Logo, ele não é obrigado a ir à missa, uma vez que ele não gosta.

      Tenho amigas gostam de ler clássicos, Clarisse Lispector e são fãs de Dom Casmurro.

      Eu passo longe e não leio de forma alguma! Detesto!

      Eu gosto de John Green e Nicholas Sparks. Elas não.

      Elas não são obrigadas a ler o que não querem e eu, muito menos.

      Existe uma linha tênue entre o respeito e a ignorância. Por exemplo, se a pessoa “falar mal” da igreja, por exemplo (porque agora a moda é criticar a igreja, né zZzz) eu vou argumentar e mostrar meu ponto de vista. Mas também vou respeitar a pessoa que está criticando e entender que, ela tem os x motivos dela pra não acreditar em Deus e eu os meus x motivos para acreditar.

      Não sei se ficou claro, mas a verdade é que, sem compreensão nada vai pra frente! 🙂 ninguém é obrigado a nada, eu sou obrigada por mim mesma e só. Se eu quero, eu faço, eu sigo, eu gosto. Se eu não quero, que se dane!

      Eeee obrigado! Vou dar uma olhada lá hahaha ^____^

      Beijos amore :*

      Curtir

  4. leticiaparisi disse:

    Adorei o texto e a música também é ótima ! Se cada um se preocupasse mais com o que gosta e menos com o que os outros acham certo, havia menos gente doente e. infeliz ! Você disse tudo ! 😉

    Curtido por 1 pessoa

  5. Na Rossim disse:

    As pessoas acham que só porque vivem no meio dessa bagunça, são obrigadas a fazer tudo o que a sociedade “propõem” e não é bem assim que a carruagem anda…
    Cada um precisa ter liberdade de expressão para o que bem entender fazer com a vida.
    Amei o post Le, beeijos

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Não é não? Imagina, se eu fosse fazer o que os outros fazem e acham “certo”, sei nem onde estaria hoje hahaha pra começar, nem teria blog :~ hahahah
      A vida passa rapido demais pra não ser feliz fazendo o que te faz bem!!! 🙂
      Beijinho linda :*

      Curtido por 1 pessoa

  6. Livros e Vitrolas disse:

    Isso mesmo Lee, NÃO SOMOS OBRIGADOS!!!
    Esse texto me lembrou muito meu irmão, ele tem 17 anos e realmente não esta aí para muita coisa não. Não visita os parentes se não esta afim (o que sempre acontece), não escuta músicas da moda (simplesmente porque não gosta), não namora e não cede as pressões por isso. Ele tem um jeito tão dele que ás vezes a gente não entende, mas o admiro por isso.
    Amei o post, tbm tô super nesta vibe. ✌

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Hahahha viu só!!! Parabens pro seu irmão, que nada contra a maré 😉
      Eu tento levar uma vida assim. As vezes a gente fraqueja, né, mas é bom sempre lembrar que somos capazes de fazer o que queremos, sem ligar para o que vão pensar \o/
      Beijinho :*

      Curtido por 1 pessoa

  7. camilazaions disse:

    Esse é o texto da minha vida! Meu lema! Sério, sempre que alguém vem pro meu lado querendo impor algo, eu respondo: ME OBRIGUE! (nem que seja mentalmente) Amei, amei e ameii, vontade de colar ele no teto do meu quarto! kkkkkk Adoreeeei Lê! E amo essa música ♥ Beeeeeeeijão boneca ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Hahahhahaha ENTENDO PERFEITAMENTE! Eu já saio falando VAI A MERDA e é isso ai hahah xD as vezes é bom a gente se impor pra gente folgadinha. Se eu não quero, não faço! Nem sempre a gente lembra disso, mas esse texto valeu de lembrete pra mim 😉
      Ah e essa musica eh demais mesmo haha :3 adoro as mais antiguinhas da Lily!

      Beijão lindona :*

      Curtir

    • Letícia disse:

      Ka!!!! As vezes a gente precisa de uns tapas na cara pra ver que somos mais!!! Eu estava precisando desse texto, você e muita gente :”D e que sempre tenhamos uns aos outros pra podermos lembrar que de nada vale, se não for de sua vontade!!!
      Beijo :*

      Curtir

  8. onlysecretdreams disse:

    Esse texto resumiu tudo ❤️! Amei amei amei.
    Não somos obrigados a nada mesmo, e sou muito assim, odeio que me imponham ordens e que falem para eu fazer isso ou aquilo e que eu tenho que seguir todo aquele tipo de vida regrada” porque se não vai acontecer isso r aquilo e isso é muito chato. Se eu faço alguma coisa é porque eu quero e ponto.
    E ah essa música da Lilly ficou perfeita ali também, e adoro ela!
    Beijão amore 😘

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Essa música (e muitas outras dela) me despertam o desejo de mudar hahahha daí quis compartilhar. A verdade é que,’o texto resumiu bem o que a gente pensa, mas não faz. Tem dias que a gente precisa ler algo assim pra “acordar” pra vida hahaa não faça por obrigação, faça por desejo, por vontade! :”)
      Beijo linda :*

      Curtido por 1 pessoa

  9. Jonara disse:

    Bah, sensacional, Lê! Não conhecia o texto, mas que reflexão ótima. Vem bem a calhar, quando o que a gente mais lê/ouve são verbos imperativos. Ninguém merece. “Tenha a bolsa do verão”, “Fique magra em um mês”, “Ouça a música do ano”, “Tenha o cabelo da celebridade tal”. Não, hoje não estamos dispostas. 🙂 Beeeijos!

    http://desapegomental.com/

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      É um texto muito bom mesmo Jo!! Quando o li, foi praticamente um tapa. Tô passando por essa fase de realmente saber o que EU quero fazer da minha vida, e essa transição não é fácil hahah não quero seguir a maré e fazer o que todo mundo faz simplesmente porque é mais fácil!!!
      Beijo!! :*

      Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Que bom que gostou Liley!! Acho importante lembrar sempre que, por mais que as pessoas te conduzam a fazer uma coisa, se você não estiver satisfeito com aquilo, melhor nem fazer. As vezes não vão entender, vão te julgar (ou pior), mas se manter verdadeira com o que é, não tem preço haha
      Beijinho!

      Curtido por 1 pessoa

  10. Manu Sacramento disse:

    “Se for pra ser obrigado, nem feliz você precisa ser”. Exatamente isso, minha mãe costuma a falar que ninguém é obrigado a nada, nem a respirar se não quiser. A vida é feita de escolhas ao meu ver , mas elas são totalmente pessoais se forem muito influenciadas pelo externo você se sente obrigado e na verdade não é . Esse é o tipo de texto que tenho vontade de sair distribuindo por ai ! Tenho péssimos hábitos de leitura diferente da maioria das blogueiras, na teoria eu seria obrigada a ler ler ler hahaha e na verdade não sou mas aqui no seu blog esses textos vem com tanta facilidade,clareza, que consigo absorver de maneira positiva facilmente sabe ? Meus hábitos de leitura estão mudando aos poucos por causa de textos como os do seu blog ( tanto os selecionados ou os de sua autoria mesmo) , leituras prazerosas pra mim, tipo mesmo. Obrigada ♡ Beijos absurdos lê !

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Manu :”) que fofa! Legal saber que isso te incentiva a ler mais, fico feliz por poder ajudar em algo positivo \o/ tem textos que são meio massantes de ler, é normal, mas eu sou uma leitora compulsiva, leio tudo hahaha :”) com o tempo, quem sabe, você não tome gosto? E se não tomar tb, você não é obrigada hahahahah :”D minha mãe infelizmente pensa um pouco diferente da sua mami :~~ ela tem a mente um pouco fechada em relação a algumas coisas. Claro que, sempre respeito a opinião dela sobre tudo, mas é claro que nem sempre dá pra nadar na mesma maré que ela..
      Beijão amore :*

      Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Hahaha ela tem umas músicas com letras bem interessantes, e geralmente as músicas dela falam sobre não precisar de ninguém pra ser feliz e afins! Curto isso hahahha e sim! Acho que farei um quadro com esse textinho hahha nos momentos de vacilo, dou uma lida e lembro do que importa 😀
      Beijo!

      Curtido por 1 pessoa

  11. * Nay * disse:

    Belíssimo post, a sociedade impõe muitas regras e não somos obrigados a segui-las.
    Sempre sofri na minha adolescência por não querer seguir as “modinhas”. Mas sobrevivi e estou aqui. Rsrsrs
    Muito sucesso para você Letícia, fica com Deus ❤ :*

    Curtido por 1 pessoa

    • Letícia disse:

      Hahaha eu adoro ficar deitada no meu cantinho ao inves de ir pra balada, muitos amigos meus se incomodam com isso e ficam falando :~~ não vejo problema algum ;-; mas né hahahah que bom que curtiu, fico feliz! E espero que tenha ajudado de alguma maneira ^_^
      Beijo!

      Curtido por 1 pessoa

  12. Raphaella Cabral disse:

    Esse texto é daqueles bons pra se ler todos os dias de manhã pra se lembrar que definitivamente, não somos obrigados a seguir caminhos que não são nossos, as vezes é difícil lembrar disso, mas nada como um bom texto e uma musica legal pra lembrar da nossa não obrigação.
    ;*

    Curtido por 1 pessoa

  13. tamiresbranu disse:

    Nossa, Lê, como o blog ficou lindo e clean! Estou de volta aqui e dou de cara com esse post e essa mensagem que me define tão bem e que acredito que defina a muitas mulheres que estão passando pelo processo de despertar. Essa é a mais pura verdade: não sou o brigada a nada e só cabe as pessoas compreenderem. Um beijo enorme e estava com saudades! :*

    Curtido por 1 pessoa

  14. Suelen Biavaschi disse:

    Amei!!!Definiu exatamente o que é essa sociedade cheia de padrões,tabus e pré conceito.
    Textos assim são motivadores e abrem os olhos desse povo que só vê o próprio umbigo,mas que não desgruda do umbigo alheio rsrsrs.
    Aah e Lily Allen é diva,adoro as músicas dela.
    Arrasou Le!
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  15. Rômulo Pessanha disse:

    É exatamente isso que eu queria ler agora, é exatamente isso que eu queria gritar dentro de um ônibus lotado ou numa aula na faculdade olhando pra cara de uma certa professora, muito bom, só não devemos confundir o que é aparente obrigação com o que se supõe ser o caminho natural das coisas da nossa vida.
    Adorei o post e seu blog

    Curtido por 1 pessoa

  16. najarasantos disse:

    Gostei !! eu sou assim, exatamente dessa forma não faço nada que eu não queira .
    Nem tô ai para o que as pessoas pensam ,desde que minha atitudes não machuca ninguém .
    Eu faço o que eu gosto de fazer ..

    Curtido por 1 pessoa

Tem algo pra compartilhar aqui? Deixe seu comentário! Vou adorar ler (e responder).

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s