21 COISAS QUE APRENDI NESSES 21 ANOS

Hello gente! 🙂 sei que eu dei uma “sumida” em comparação a antes, mas esse final de semana eu tirei um tempo para have fun (eita!) e aí meio que não tive tempo pra postar aqui! The true é que hoje completo 21 anos de ~ vida ~ e fiquei pensando o que eu já fiz na vida até chegar aqui hahaha quer dizer, 21 anos é muita coisa, então como um guia básico de sobrevivência resolvi falar para vocês 21 coisas que aprendi nesses 21 anos (muita coisa, espero que eu consiga terminar esse post hoje!)

1. existe uma época terrível na sua vida onde você terá espinhas e cabelos ruins.. Não fique triste! Quando você estiver mais velho e superado essa fase, você vai ver que esse era o menor dos seus problemas. Parece que quanto mais “old” tu fica, mais perfeito quer ficar.

tumblr_m6aia1xYqA1rzgziao6_250

2. Você não sabe tudo. Tipo, é muito comum a gente sentir, em uma certa idade da adolescência que sabemos de tudo. E queremos retrucar com o mundo, expor nossas “”””opiniões””” doa a quem doer. Mas aí na maioria das vezes você vê que a única coisa que tu sabe é: nada. Porque tudo é muito vasto e ninguém é 100% o tempo todo. Então se você tem seus 15 anos e acha que tudo que falas é certo (assim como eu achava aos meus 15 anos e ainda acho até hoje – essa vale pra mim também) keep calm! Os outros tem direito de estarem corretos também (viu, leticia?!)

3. Vai chegar uma fase que a quantidade de amigos que você tem não será importante. Quando eu estava na escola, nunca fui de me entrosar com todo mundo. Não porque eu “sofria bullying” e mimimis. Nop. É porque eu não queria mesmo, tipo, pra mim, as pessoas eram muito idiotinhas e imaturas. Mas sempre batia aquela “será que não tenho tantos amigos porque sou chata?” (Afinal o que mais passaria na cabeça de uma criatura de 13 anos?!) daí um dia eu parei de ligar porque, percebi que eu não precisava ter muitos amigos, eu só precisava ter alguém que fosse realmente meu amigo pra tudo e qualquer coisa. E aí que acabamos nos encontrando na vida e mesmo depois da escola somos extremamente unidos (tami, jordy e bia: love ya ❤️!) claro que ao decorrer fui formando novas amizades que eu considero muito importante. Mas eu só consegui me conformar com isso depois que parei de grilar com esse tipo de coisa. Existem “amigos” que não querem o seu bem, e desses eu já to cansada, então, se liguem nisso :)))

4. Paciência é uma virtude. Eu sou uma pessoa EXTREMAMENTE sem paciência. Quer me irritar, basta respirar mais pesado do meu lado. Não é nem por mal. Tento não ser assim.. Mas as vezes i can’t deal. E se tem uma coisa que aprendi com essa minha impaciência é que não adianta nada. Hahahha não é só porque eu sou assim que os outros vão ter que seguir essa linha de raciocínio. Então geralmente eu só me fodo com isso e ainda sou “a grossa”. Saiba lidar com isso..

5. Coma sem culpa. Gente, não existe nada pior do que comer e ficar se remoendo por ter comido demais. Tudo bem que se sua saúde não estiver ok, você deve se privar de certas coisas, mas quando você deixa de se deliciar com algo porque não quer “ficar gordinha”, na boa, deixa isso pra lá. Um dia vai tá todo mundo morto mesmo, e se você não aproveitar agora, vai aproveitar quando?

6. Coração partido não é o fim do mundo. Você acha que vai cair em “frangalhos” e fica se lamentando nas redes sociais porque sente falta dele (a) e que sem ele (a) você não é n a d a e todo esse mimimi. Pelo amor de Deus!!!!!!! vira “homi” hahaha. Grosserias a parte, eu entendo que quando você ama alguém é extremamente dificil ver isso acabar e todo o mais. Mas tente pensar de um lado positivo “se acabou, era pra acabar’. Você é jovem, tem toda uma vida pela frente pra fazer besteiras, se aventurar, quebrar a cara, e os caquinhos do seu coração vão se fixar novamente. Procure um hobbie, ache uma ocupação. Isso passa. ~ nunca fui uma garota de muito lenga, lenga, perceba.

7. As vezes é normal se sentir triste. Sem motivos, devo dizer. Eu mesma fico triste o tempo todo. É normal, gente. Tem dias que estamos mais para baixo, e isso não quer dizer que você é depressivo, bipolar e nem que precisa cortar os pulsos. Quando somos novos achamos que qualquer lágrima é o fim do oceano, mas a verdade é que as lágrimas nos ajudam a seguir em frente. Quando algo te chateia, se afaste disso. Lembre-se que nessa vida existe uma coisa que você não é: obrigado (há!)

8. Existe uma fase terrível dos 20 anos. Passei por ela esse ano todo e continuo passando. hahhaha é triste, mas é a real. Vai chegar uma hora que você vai achar que não é merecedor de nada, que nada faz sentido e que você não sabe o que vai fazer da sua vida. Afinal, quando você tem 20 anos, você tem responsabilidades. Você trabalha, estuda, tenta conciliar tudo isso a momentos de diversão e ainda por cima só se ferra. Sério hahaha é tipo uma fase onde nada dá certo. Mas depois dá tudo certo e a gente fica na peace hahah

9. Saiba perdoar. Eu guardo muito rancor, e isso me magoa muito. Por mais que eu “desculpe” as pessoas que me atingiram de alguma maneira, eu nunca esqueço. Isso é um mantra que eu tento levar sempre, a gente não deve viver guardando coisas ruins, temos que nos libertar e saber esquecer esse tipo de atitude. Não faz bem pra alma nem pro coração ~ nem pra cabeça, que fica num turbilhão.

10. Dê um basta. Uma coisa que eu detesto é gente que adora dar suas “opiniões” de como você é feia, gorda, sua roupa tá horrivel e que você não tem escova em casa pra passar no cabelo (eu nunca penteio o cabelo, então, lidem com isso!). Pra esse tipo de gente, você não pode dar corda. CORTE essa “intimidade” antes que fique pior. Existe uma diferença de uma critica construtiva de uma destrutiva.

11.  Estude. Blé, que mierda de “conselho”. Mas é gente. Eu sei que estudar as vezes é um pé no saco, eu mesma prefiro chegar em casa e dormir a tarde inteira a ter que estudar. Mas se tem uma coisa que percebi em todo esses anos de vida é que se a gente não estuda, não adianta. Você tem que por na sua mente, em um futuro próximo “que tipo de profissional eu quero ser?” aquele que decora pra prova e depois esquece tudo, que cola, que não se importa? Ou aquele que vai fazer a diferença na minha empresa/clínica/setor??? pois é. Eu quero ser aquela que vai fazer a diferença e somar na área que atuo (no caso, saúde) e não esses ximbalaiê por aí que não sabe nem o que é um fêmur (osso da coxa).

MEUDEUS, AINDA FALTAM 10 COISAS??????? ahhahhaha ô ideia a minha viu. Vamos ver se esse post sai hoje jhajhahahaha

12. Não se sacrifique pela moda. Gente, não tem nada pior nesse mundo do que estar desconfortável com algo e só usar porque está na moda. Por exemplo, acho esses croppeds lindos, mas não usaria um nem com aposta. Não me sinto confortável mostrando o “umbigo”. deal with it. Ou pior, quando você quer provar pra sua “inimiga” que tu arrasa num salto e fica com o pé todo comido porque passou a balada inteira calçada. TIRA O SAPATO E SEJA FELIZ.

13. Não seja acomodado. Nós, brasileiros, somos extremamente acostumados com a frase “dê tempo ao tempo”. É lógico que, o tempo cura tudo e ajuda muito. Mas não deixe que esse tempo se perpetue demais. Se você ficar lá no sofá morrendo esperando o milagre surgir, nada vai acontecer. Você continuará sentado no sofá 10 anos depois. MOVE ON!

14. Tu não é a ovelha negra. A gente acha que não precisa da familia em vários momentos da vida, e por mais que você não se dê bem com todo mundo (afinal, a gente não escolhe a familia que tem, né) tu não és a ovelha negra do negócio. Você não vai ser o revolucionário e causar o caos. Cada um tem seu jeito, seu gênio e seus modos. Saiba lidar com isso e não seja arrogante: você sempre vai precisar da sua familia. Porque quando tudo for trevas, sua familia sempre vai estar lá pra te dar a luz (nouss.. me superei na breguisse)

15. Saiba separar sua vida. Não é nada bacana você acordar de mal humor porque brigou com o namorado (a) e chegar no seu trabalho/escola/curso querendo comer alguém vivo. Nobody tem culpa dos seus problems, benhê. Eu sou uma pessoa bem estressada mas sei separar tudo na minha vida, e quero mais é que as pessoas que chegam com as macacas pra cima de mim se explodam. Eu ein. (ps: nem sempre fui assim hahahha, a velhice me curou!)

giphy-1

16. Crie um blog. hhhehe gente. Depois disso, sou livre, leve e solta. Não só criar um blog. Saiba expor suas opiniões. Be free. Fale o que te agradas e o que te desagradas. Você é livre pra isso, obrigada Brasiiiiil!

17. Não tenha vergonha do seu passado. E daí que tu curtiu floribella e que tu usava um colante de estrela na testa pra ficar igual a Mia de rebelde?? eu usava munhequeira e me apelidava de “lelexinhaavril” e era muito feliz, hellow. As coisas que faziamos antes são as coisas que nos moldaram com o tempo. Se eu nunca tivesse me interessado por certas coisas, talvez hoje eu tivesse amigos diferentes, uma vida diferente, hobbies diferentes, profissões diferentes, e gente!!! não me imagino seguindo outro rumo.

18. Dê mais valor a você mesmo. Não tem nada pior do que “não se amar”. Se você não conseguir se amar, você nunca poderá sentir isso por outra pessoa. Quem não tem defeitos, ô lord?! Você precisa se valorizar, porque se não, ninguém vai. E daí você vai achar que é super normal as pessoas “pisarem” em você e dizer que você não vale a pena. Tipo, what????

19. Ria mais. Quem me conhece sabe (adoro essa frase hahehhe) que eu dou risada de tudo. Se fizer uma cara mais “engraçada” eu já tô rindo. Gente, não tem nada melhor do que liberar um sorrisão e ser a alegria do lugar. Chega desse melô do século 21 onde os jovens são todos hipster deprimidos. Vamô sorrrirrrrr!

20. Você nunca será velho demais para assistir desenho. NUNCA!!!!!!!!!!! Meu pai tem seus 45 aninhos vividos e assiste desenho até hoje. E eu sempre serei assim também. Desenho é uma coisa linda desse mundo e me faz muito bem. Não tenha vergonha de admitir que tu é fã da disney e fica assistindo cartoon de madrugada. ❤

21. As pessoas mudam. Mas não porque você quer muda-las. Elas mudam porque sentem necessidade disso. Quero dizer, as vezes sou meio contraditória nesse lance, e digo “ele não vai mudar” mas o que quero dizer é que, não tem essa de que você é a pessoa que vai mudar aquela outra pessoa. NÃnão. Essa pessoa irá mudar porque ela vai crescer, amadurecer, e logo sua cabeça não será mais a mesma. Quando conhecemos uma pessoa desde pequeno, tendemos a “quebrar a cara” com isso, porque as vezes, ao passar pelas etapas que envolvem o crescimento interno, mudamos tanto, que perdemos muitos amigos no caminho. Mas não se doa por isso. É normal. É válido. Mudar é bom.

É claro que, já aprendi muito mais coisas nesses 21 anos e lembrarei de coisas melhores que aprendi depois que postar esse texto. Mas se essas coisas estão aí, é porque tiveram algum valor nessa minha “jornada”. Espero que gostem, e até a próxima! e.. parabéns pra mim!!! hahaha :)))

beijinho, Lê.

large (15)

bye, folks.

Anúncios

113 comentários sobre “21 COISAS QUE APRENDI NESSES 21 ANOS

  1. Pingback: … | vanilla

Tem algo pra compartilhar aqui? Deixe seu comentário! Vou adorar ler (e responder).

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s